Entra ou Sai

Dezembro 26, 2007

Obra – Prima da Criação

Filed under: POESIA — carva55 @ 6:36 pm

Esse teu fresco sorriso
Esse teu fixo
E penetrante olhar
Esses teus cabelos
Negros
Neste nosso e teu lar
Vieste morar
E a todos alegrar.

Com quatro meses apenas
Já te mostras
Muito observadora
Das cores
Das coisas.
É claro que és esperta!
Isso se vê a olho nu. E lá diz o povo:
__Quem sai aos seus não degenera! __

A esse teu lindo sorriso que encanta
A esse teu olhar cativante
Que hipnotiza
Toda a gente.
Nem os olhares
Dos estranhos curiosos
Nem os dos teus avós babosos
Ninguém fica indiferente.

(Para ti , Jlana)

Rorschach, nove de Dezembro de 2007

3 comentários »

  1. Que bela dedicatória poética à netinha. Se os nossos filhos já são obras-primas da criação…os netos é a dobrar e que nos fazem tão babados.

    Parabéns poeta e uma beijoca à pimpolha:)

    Bom ano para todos vós.

    Beijocas

    Comentar por Fatyly — Dezembro 28, 2007 @ 9:37 am | Responder

  2. Bom ano para ti e familia. Belo blog que tens aqui. Força
    Um abraço do teu amigo

    Comentar por Victor Jeronimo — Janeiro 3, 2008 @ 11:53 am | Responder

  3. Então já és vôvô,está ficando velhote meu bom amigo.
    Felicidades para todos vós.
    Um abraço amigo para ti.
    chico Bento

    Comentar por chicobento — Fevereiro 3, 2008 @ 3:15 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

site na WordPress.com.

%d bloggers like this: